Criando um Storage para seu Cluster Hyper-V com o FreeNAS – Parte 1

Um dos maiores problemas de quem quer fazer um Cluster Hyper-V é o armazenamento. Um cluster de virtualização clássico exige a existência de um storage, um sistema de armazenamento dedicado e compartilhado, onde todos os nós do cluster tem acesso. A Microsoft tem algumas soluções para a criação de cluster sem a necessidade de um Storage, como o armazenamento hyper convergente, vamos abordar essa forma de montar um cluster no futuro, mas o mais comum a ser utilizado é um storage mesmo, seja ele SAN, NAS ou de outro tipo.

Quem trabalha com TI sabe muito bem como soluções de Storage são caras e as vezes impossíveis de serem adotadas em empresas de pequeno / medio porte. Por esse motivo vou ensinar agora como utilizar uma ferramenta sensacional, chamada FreeNAS para a criação de um storage, que pode ser utilizado tanto para um Cluster Hyper-V como para qualquer outra necessidade onde um storage seja preciso.

O FreeNAS é uma ferramenta 100% gratuita e é, de acordo com os criadores do software, o maior sistema operacional de storage do mundo, com mais de 10 milhões de usuários. Mas além disso pra mim o que torna o FreeNAS tão “felomenal” é que ele é muito simples de ser utilizado, basta você ter um computador com pelo menos 8 GB de RAM disponível e ao menos dois discos para usar essa ferramenta. Dois discos pois a partição onde o sistema operacional é instalado é dedicada e não pode ser compartilhada como storage.

Bom chega de falar e vamos para o tutorial. Para instalar o FreeNAS incialmente vocês devem ir no site da ferramenta e baixar a versão mais atual da ISO de instalação: https://freenas.org/download-freenas-release/

Pagina de Download do FreeNAS

Após baixar a ISO do FreeNAS crie um disco de Boot ou USB ou DVD e inicie seu computador que vai ser o servidor de Storage pelo disco de Boot.

Escolha a opção 1 “Boot FreeNAS Instaler [Enter]”
Escolha a opção 1: “Install / Upgrade”
Como eu estou instalando o FreeNAS em uma VM de testes com apenas 1GB de RAM a instalação avisa que a quandidade de memória não é a recomendada.
Escolha o disco no qual o FreeNAS vai ser instalado. No meu caso como podem ver existem 5 discos, o primeiro de 127GB é o disco que separei para o sistema operacional, os outros vão ser utilizados para dados. Então escolho apenas a primeira opção “da0”
Aviso que os dados do disco da0 serão apagados, escolha “Yes”
Coloque a senha de root e escolha “OK”
Escolha se o servidor vai Bootar via BIOS ou UEFI, no meu caso escolhi BIOS por ser uma VM Geração 1 do Hyper-V, em um computador moderno UEFI provavelmente é a opção correta, consulte o manual do seu equipamento para determinar o que deve ser escolhido.
FreeNAS instalado, com sucesso. Remova o disco de inicialização e escolha “OK”.
Escolha a opção 3: “Reboot System”
Ao reiniciar a seguinte tela aparece, escolha a primeira opção.
O FreeNAS então inicia com a interface de configuração basica. Caso sua rede tenha DHCP podemos pular para a configuração via interface Web, se não escolha a opção 1: “Configure Network Interfaces”
Escolha a interface a ser configurada
Escolha as opções de configuração:
Reset network: ‘N’
Configure DHCP: ‘N’
Configure IPV4: ‘S’
Interface Name: ‘hn0’ (pode ser qualquer nome)
IPv4 Address: X.X.X.X (um ip fixo de sua escolha)
IPv4 Netmask: X.X.X.X (mascara de rede de sua escolha)
Configure IPv6: ‘N’ (a não ser que você use IPv6)
Após configurado o IP entre em um navegador com o IP do FreeNAS, coloque o usuário root e sua senha.
FeeeNAS instalado e pronto para ser configurado.

Com isso temos o FreeNAS instalado e pronto para ser configurado como Storage. Vamos explicar como configurar um armazenamento iSCSI na parte 2 desse artigo. Fiquem ligados.